skip to Main Content

Bebê de oito meses morre depois de contrair Sarampo no Rio de Janeiro

Bebê De Oito Meses Morre Depois De Contrair Sarampo No Rio De Janeiro
Publicidade

 

Bebê de apenas oito meses, morre depois de contrair sarampo.

O caso aconteceu em um abrigo em Nova Iguaçu no Rio de Janeiro. A criança faleceu dia 06 de janeiro. De acordo com a Secretaria de Saúde, o bebê foi a primeira vitima fatal de sarampo no estado do Rio de Janeiro na última década.

No mesmo abrigo, mais duas crianças e uma funcionaria, contraíram a doença, mas foram curadas, de acordo com a secretaria de Saúde. O caso foi divulgado nesta sexta-feira (14/02), pelo secretário de saúde Edmar Santos.

Publicidade

O número de pessoas que contraíram sarampo no Rio de Janeiro até o dia 6 de fevereiro deste ano foi de 175. Em 2019, ocorreram 333 casos e em 2018, 20.

Publicidade

O motivo pela qual está aumentando os casos de sarampo, é porque as pessoas não estão vacinando seus filhos. E as principais vitimas são os bebes, de até um ano, assim como aconteceu com este bebê. Isso porque a vacina de sarampo é dada para os bebês a partir de 12 meses. Portanto, eles dependem da imunização de outros para se protegerem do sarampo.

Os casos de sarampo no Brasil em 2019 foram 18.203 em todo o país, sendo que ocorreram 15 mortes e 14 delas foram no estado de São Paulo e uma no estado do Pernambuco.

O Ministério da Saúde está realizando uma campanha nacional de vacinação contra o sarampo. A campanha tem o foco em crianças e jovens com idades entre cinco e 19 anos e ocorrerá entre os dias 10 de fevereiro e 13 de março. O ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta, falou sobre esta campanha e sobre os riscos do sarampo. “Eu vejo as pessoas não conhecerem, acharem que são coisas do passado. Mas o vírus tá aí, tá circulando. A campanha fala de uma maneira muito franca que o fato de não vacinar, pode te levar a culpa de perder um filho. Ao não cumprir a caderneta de vacinação, o preço pode ser a vida dessa criança”, afirmou o ministro.

Publicidade