skip to Main Content

Campanha de Vacinação começa nesta segunda-feira. Posso levar as crianças em meio da Pandemia de Coronavírus?

Campanha De Vacinação Começa Nesta Segunda-feira. Posso Levar As Crianças Em Meio Da Pandemia De Coronavírus?
Publicidade

 

A campanha Nacional de Vacinação, começa nesta segunda-feira (23), os idosos deverão vacinar primeiro.

O Grupo prioritário para a vacinação, são os idosos, e crianças até 6 anos, gestantes e puérperas, as gestantes não devem se misturar devido à pandemia de coronavírus.

Neste caso, quando cada grupo deve se vacinar?

A revista CRESCER informou em seu site que procurou o Ministério da Saúde para entender quais são as orientações neste momento.
Os primeiros a receber a vacina, já a partir de segunda-feira, serão idosos e trabalhadores de saúde. A decisão de priorizar os idosos – que são grupo de risco para o Covid-19 – não significa que a vacina proteja contra o novo coronavírus. O que o governo pretende com a imunização é proteger os mais velhos do vírus da influenza e assim minimizar a sobrecarga do sistema de saúde, além de facilitar o diagnóstico de coronavírus, já que a vacinação ajuda a diferenciar a gripe e o Covid-19.

Publicidade

Veja Mais:

 

Além de começar pelos idosos, outra recomendação do Ministério da Saúde é que, caso haja a possibilidade, o ambiente de vacinação seja separado do ambiente de atendimento aos pacientes sintomáticos respiratórios. O Ministério da Saúde também recomenda que os gestores de saúde estaduais e municipais avaliem a possibilidade de terem mais unidades aplicando a vacina.

Publicidade

“A vacinação pode ser realizada em ambientes abertos ou fora das unidades de saúde, como ambiente domiciliar ou por meio de parcerias com as redes de farmácias privadas. Estas são algumas recomendações para que se evite o acúmulo de pessoas em poucos locais para se vacinarem”, disse a assessoria do Ministério à CRESCER.

Mas, e as crianças?

“É importante que todos os grupos de risco tomem a vacina. Crianças, idosos, pessoas com doenças crônicas. Mas não podemos misturar essas populações neste momento. O setor de saúde irá se planejar para fazer a campanha sem que haja, em uma mesma fila, perto, crianças e idosos”, explica a médica pediatra Ana Escobar, questionada pela CRESCER.
Antes dos pequenos, a partir do dia 16 de abril, poderão tomar a vacina professores, profissionais de segurança e pacientes com doenças crônicas como hipertensão, diabetes e asma.

A partir do dia 9 de maio, dia D da campanha, está prevista a vacinação de crianças de 6 meses a menores de 6 anos, pessoas entre 55 e 60 anos incompletos, gestantes, puérperas e indígenas. A campanha segue até 23 de maio.

Publicidade