skip to Main Content

Equipe Médica e enfermeiros choram de alegria após bebê de 6 meses vencer o covid-19

Equipe Médica E Enfermeiros Choram De Alegria Após Bebê De 6 Meses Vencer O Covid-19
Publicidade

 

A pequena Erin Bates de seis meses venceu o covid-19 e se recupera, em breve poderá ir para casa.

A bebê nasceu om problemas grave no coracão e agora vende o coronavírus. A equipe médica e enfermeiros se emocionam quando a pequena testou negativo para o covid-19.

A pequena Erin Bates, fiou em isolamento no hospital Alder Hey Children’s Hospital em Liverpool na Inglaterra. Ela ficou isolada acompanhada apenas pela mãe Emma, depois de testar positivo para o Covid-19. A bebê ficou intubada, além do covid-19, ela teve uma má formacão no coracão chamada de Tetralogia de Fallot.

Quando a bebê nasceu e precisou passar por algumas cirurgias no coracão. Ela também nasceu com um problema nos pulmões, por ter nascido abaixo do peso. Apesar disso tudo, ele venceu o coronavírus.

Publicidade

Os médicos temiam que Erin não iria sobreviver após contrair o coronavírus.A pequena ficou internada por duas semanas,desde o dia de 10 abril.

Veja Mais:

Os pais da pequena Erin, Emma e Wayne, receberam a melhor notícia, que a filha estava testando negativo para o covid-19.

Publicidade

Ao sair do isolamento, para um quarto do hospital, contou com um momento muito especial. Os enfermeiros e equipe médica, fizeram uma fila para aplaudir a pequena Erin. Muitas choraram de alegria por este momento.

A equipe do hospital compartilhou nas redes sociais e disse:
“Vocês provavelmente ouviram a história da pequena Erin de seis meses que está internada aqui. Ela foi diagnosticada com Covid-19. Erin passou 14 dias em isolamento com sua mãe Emma enquanto era tratada pela nossa equipe. Hoje, a pequena Erin venceu o Covid-19 após ter testado negativo e recebeu uma saudação pela nossa equipe. Ela ainda está sendo tratada aqui por suas outras condições. Mas ela tem feito progresso!”.

Equipe Médica e enfermeiros choram de alegria após bebê de 6 meses vencer o covid-19

Publicidade