skip to Main Content

Mãe aflita pede opinião ao cogitar depilar a filha de 6 anos

Mãe Aflita Pede Opinião Ao Cogitar Depilar A Filha De 6 Anos
Publicidade

 

A criança de 6 anos, se recusa a nadar por conta dos pelos nas pernas e nas costas.

A mãe aflita foi até um fórum britânico Mumsnet, pedir conselhos a respeito do problema que estava enfrentando com a filha de 6 anos. Ela esta considerando a possibilidade de depilar ela, pois a menina esta muito incomodada porque tem muitos pelos escuros em sua perna, e está se recusando a entrar na piscina.

“Ela sempre teve um monte de pelos nas pernas e nas costas. Eu achava que era algo de bebê e que passaria com o tempo, mas eles ficaram cada vez mais escuros e compridos. No último verão, ela descobriu que as outras garotas da escola não eram assim e me perguntou se havia alguma forma de tirá-los”, escreveu a mãe, aflita.
Apesar de ter conversado com a filha sobre como os corpos são diferentes e que está tudo bem com isso, a criança voltou a falar do assunto durante o ano letivo. “Eu precisei me certificar de que nenhum colega estava implicando com ela, mas é ela mesma quem tem um problema com isso […] Não sejam maldosas, eu sei que ela é muito jovem, mas só quero fazer o meu melhor para ajudá-la”, pediu ela.

Veja Mais:

Publicidade
Publicidade

Mãe aflita pede opinião ao cogitar depilar a filha de 6 anos

A mãe aflita, imaginou que as mães iriam critica-lá, mas ele se surpreendeu, pelo apoio que recebeu de muitas mães. Uma disse para ela:

“Ela é muito nova, mas obviamente isso a está incomodando. Eu era a garota peluda na escola, então, sei como ela se sente”. Outra aconselhou: “Eu deixaria, se isso a incomoda tanto. Mas converse com ela primeiro para entender as razões dela. Deve ver sobre ela se sentir melhor consigo mesma, não para agradar aos outros”.

Especialistas em Dermatologista, recomendam que o primeiro passo é identificar o motivo desse aumento de pelos na criança.Se não houver nem uma doença, precisa tentar deixar a menina segura, e tente postergar o máximo a depilação, porque a pele da criança é mais sensível e pode irritar e machucar.

Segundo psicólogos, precisa ver o grau de sofrimento da criança, se necessário procure um profissional, para auxiliar na desconstrução desse valor, do status que a criança deu a isso.

Publicidade