CATEGORIAS: Sem categoria

Mãe engravida usando contraceptivo: “Apresento a vocês meu DIU Mirena, oficialmente se chama Maria Luísa”

Anúncio

 

A mãe Eduarda de 20 anos, usava DIU hormonal há 9 meses quando engravidou da pequena Maria Luísa.

Muitas mulheres recorrem para evitar uma gravidez, outras métodos contraceptivo, menos agressivos com as medicacões com hormônios que são uma verdadeira bomba relógio. Por isso preferem usar um método contraceptivo menos agressivo, como o DIU. Porém, nem sempre esse contraceptivo pode ser tão eficaz como promete. Foi o que aconteceu com Eduarda.

“Comecei a desconfiar quando senti algo mexer”, conta Eduarda em sua redes sociais. Quando a Eduarda chamou a atencão chamando o seu DIU de Maria Luisa, muitas mães ficaram em alerta. A jovem mãe nunca imaginou que poderia engravidar usando o DIU.

Anúncio

No caso de Eduarda o DIU não impediu que ela engravidasse. A história serve de alerta para aquelas mulheres que pretendem utilizar este método contraceptivo.

O DIU é um objeto em formato de T, e que é introduzido no útero. No caso de Eduarda, o DIU era feito de material plástico, conhecido como Mirena. O objeto impede que a fecundação aconteça, mas nem sempre é assim. Por vários motivos, uma gravidez pode vir a se tornar realidade. Entre os mais famosos está o deslocamento do DIU, por exemplo, que pode ser ineficaz, caso não esteja posicionado corretamente.

No caos de Eduarda, após 24 semanas, o corpo acabou expulsando o DIU, após a gravidez ser constatada. Até mesmo o médico da jovem ficou surpreso, sem saber como ela engravidou, já que exames mostraram que o DIU estava no mesmo lugar.
A Bayer, fabricante do DIU Mirena, pronunciou-se sobre o caso por e-mail. A empresa informou que “reitera a segurança e eficácia do Mirena, um método contraceptivo de longa duração, reversível a altamente eficaz”. Explicou ainda como ele funciona. “O dispositivo é inserido na cavidade uterina, onde libera o hormônio levonorgestrel, que atrofia o tecido de revestimento interno do útero, dificultando a chegada dos espermatozoides às trompas e, consequentemente a fecundação dos óvulos. Caso a fecundação aconteça, o dispositivo atua impedindo a fixação do óvulo no útero”, explica.

E afirma: “Quando inserido e mantido corretamente, e o acompanhamento duas vezes ao ano por meio de exames solicitados pelo ginecologista é feito, o método tem eficácia comprovada”. Ainda segundo a Bayer, o Mirena é endossado por instituições de referência como a Academia Americana de Pediatria e a Federação Brasileira de Ginecologia (Frebrasgo).

Anúncio

RECENTES

14 primeiros sintomas de gravidez

Os primeiros sintomas da gravidez podem ser tão sutis que apenas algumas mulheres os notarão…

2 semanas atrás

A cantora Thaeme se emocionou ao mostra o filho de Marília Mendonça e deixou uma reflexão!

A cantora Thaeme Mariôto ficou profundamente comovida com o respeito que prestou pela trágica morte…

2 semanas atrás

Murilo Huff anuncia decisão sobre guarda do filho com Marília Mendonça

O CANTOR MURILO HUFF E RUTH, MÃE DE MARÍLIA MENDONÇA, CHEGARAM A UM ACORDO SOBRE…

2 semanas atrás

Gusttavo Lima mostra seu filho recém-nascido e internautas ficam encantados

O cantor Gusttavo Lima mostrou foto nunca vista antes de um dos filhos quando recém-nascido.…

2 meses atrás

12 maneiras de se manter saudável durante a gravidez

Listaremos 12 dicas para aumentar suas chances de ter uma gravidez saudável para você e…

2 meses atrás

9 melhores aplicativos de amamentação

Aplicativos de amamentação podem ajudar os pais a rastrear as mamadas e gerenciar sua programação…

2 meses atrás

Utilizamos cookies para personalizar sua experiência em nosso site