skip to Main Content

Menino e 8 anos sofre parada cardíaca após contrair o coronavírus

Menino E 8 Anos Sofre Parada Cardíaca Após Contrair O Coronavírus
Publicidade

 

O menino, Jayden Hardowar, dos EUA, teve febre e diarreia. Depois os sintomas sumira, e dias depois, ele precisou ser levado as pressas para o Hospital.

“Ele sofreu parada cardíaca e insuficiência cardíaca. Ainda é um pesadelo”, desabafa a mãe

Um garoto de 8 anos do Queens, em Nova York, nos Estados Unidos, sem condições médicas subjacentes, desenvolveu insuficiência cardíaca após ser diagnosticado com Covid. Segundo a WNBC, inicialmente, Jayden Hardowar teve febre e diarréia. Os sintomas começaram no final de abril e seus pais o levaram ao pediatra. Segundo a mãe, Navita, ele foi medicado e, depois de alguns dias, os sintomas sumiram. No entanto, o pai, Roup, a força do garoto não havia voltado. “A força do seu corpo começou a diminuir. Ele passou a ficar um pouco fraco”, lembra Roup. “Nós seguimos o pediatra dele, que pensou que era só uma fraqueza momentânea porque ele não estava se alimentando direito”, completa.

Mas no dia 29 de abril, Navita ficou alarmada quando Jayden a chamou durante a noite. “Eu o ouvi chamar ‘mamãe’. Jayden tem uma voz forte quando chama, mas sua voz estava muito baixa. Isso chamou minha atenção”, lembra. Ela disse que também notou que a cabeça e as mãos do filho estavam em posições difíceis. “Eu rapidamente olhei para o rosto dele e seus lábios estavam azuis. Vi que algo não estava certo com Jayden”, disse Navita. Segundo ela, o menino também não respondeu quando ela chamou o nome dele. Enquanto tentavam encontrar um pulso, o pai e o irmão, Tyrone, 15, começaram a fazer RCP. Navita chamou o 911. Uma ambulância logo levou Jayden ao hospital. “Tudo o que eu pensava era: ele vai conseguir?”, lembra o pai.

Publicidade
Publicidade

Mais tarde, Jyaden foi transferido para o Hospital Infantil Cohen, no condado de Nassau, onde foi colocado em um ventilador na UTI. O menino não teve condições de falar com seus pais em uma tentativa de ligação por vídeo. “Eles disseram que ele sofreu parada cardíaca e insuficiência cardíaca. Ainda é um pesadelo pensar onde Jayden está agora. Na semana passada, nessa época, estávamos todos juntos jantando, brincando, trabalhando em casa, estudando, aprendendo”, disse a mãe, que é professora de escola pública. “Uma das coisas mais assustadoras como mãe, é que estamos em casa e pensando que algo assim nunca acontecerá conosco”, acrescentou.

Veja Mais:

 

O hospital de Long Island realizou um teste de anticorpos e descobriu que Jayden havia contraído o COVID-19 em um período anterior, mas ainda não sabem ao certo como. “Nenhum de nós — dois adultos e quatro crianças — ficamos doentes. Estamos todos bem e estávamos respeitando o distanciamento social. Pensávamos que estávamos seguros”, disse o pai. O pais e irmãos estão aguardando os resultados de seus exames para descobrir se também tiveram contato com o vírus. No último fim de semana, três dias depois ser levado às pressas para o hospital, Jayden foi retirado do ventilador e seus pais esperam levá-lo para casa em breve. “O fato de não sabermos o suficiente é muito assustador. É um momento que eu nunca quero reviver ou gostaria que qualquer pai ou filho experimentasse”, disse a mãe de Jayden

Fonte: Crescer

Publicidade