skip to Main Content

Nova complicação ligada ao covid-19 em crianças

Nova Complicação Ligada Ao Covid-19 Em Crianças
Publicidade

 

Os pediatras do The Royal College of Paediatrics and Child Health e o NHS, do Reino Unido, fazem alerta para um novo sintoma nas crianças ligados ao covid-19.

Alguns pediatras relataram que algumas crianças, foi observado, uma inflamação multissistêmica, com sintomas muito parecidos com uma gripe. Boa parte destas crianças testaram positivo para o coronavírus.

Estes tem em comum, o sintoma da Síndrome do Choque Tóxico e da Doença de Kawasaki.
“Os casos têm em comum a sobreposição de sintomas da Síndrome do Choque Tóxico e Doença de Kawasaki com parâmetros sanguíneos consistentes com Coivd-19 severo em crianças”, disseram os médicos do NHS em seu alerta.

Os sintomas da Doença de Kawasaki e da Síndrome do Choque Tóxico envolvem: dor no abdômen e músculos, diarreia, náuseas ou vômito, descascamento e erupções na pele, febre alta, fadiga, língua inchada, avermelhada e com caroços, pressão baixa e dificuldades para respirar.

Publicidade
Publicidade

O NHS faz o seguinte alerta:
“Nas últimas 3 semanas houve um aumento no número de crianças de todas as idades que apresentaram uma inflamação multissistêmica fazendo com que precisassem de tratamento intensivo em Londres e em outras regiões do Reino Unido. Os casos têm em comum a sobreposição de sintomas da Síndrome do Choque Tóxico e Doença de Kawasaki com parâmetros sanguíneos consistentes com Coivd-19 severo em crianças. Dor abdominal e sintomas gastrointestinais têm sido comuns assim como inflamação cardíaca. Isto foi observado em crianças que testaram positivo para o Covid-19, assim como crianças que testaram negativo. Evidência sorológica de possível Coivd-19 anterior também foi observado. Existe uma crescente preocupação que uma inflamação relacionada ao Covid-19 está acontecendo entre crianças no Reino Unido ou que pode haver outro patogênico infeccioso associado a esses casos”.

Os pediatras do The Royal College of Paediatrics and Child Health e o NHS alertaram que diante destes sintomas, deve-se procurar um médico. Também falaram que são poucos casos deste tipo, no Reino Unido, e que as crianças seguem não sendo do grupo de risco.

Publicidade